quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

MAIS CHUVA


Eu gosto de ver chover. Na verdade gosto da cidade lavada, meio deserta. Gosto de caminhar devagar, vinda da Rua Conde de Ferreira (muitas cidades têm uma, mercê das cento e vinte escolas que ofereceu…) e quedar-me, por momentos, sobre a ponte, olhando a Rotunda do Sinaleiro. 

Cidade despida de gente, a massa branca dos edifícios, as árvores despidas de folhas… e há qualquer coisa de iniciático que me encanta. Parece que algo vai renascer, vivificado pela água e saído daquela quietude, daquele marasmo que a chuva impõe. Mas até eu… 

Até eu, que gosto de ver chover, já estou farta de chuva! 

8 comentários:

  1. Gostei desta narrativa/reflexão.
    Olha o espanto
    (subjacente ao sentido da minha apreciação)!

    Mas ainda não vi a chuva, hoje!...

    Bem, vou ajudar a Zaida a "matar" 2 frangos!
    E, claro, vou a pensar na Sophia!

    Bom dia, Isabel.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, meu amigo, acordei às quatro e meia da manhã a ouvi-la. Caía torrencialmente e à hora que escrevia o pequeno texto no blogue também caía, mas com menos intensidade. Depois aconteceu uma tarde ótima. Fui para o Edifício-praça Eça de Queiroz, que as tardes de quinta-feira são da minha responsabilidade e até deixei o carro no parque do Estádio Municipal e não levei guarda-chuva. Sabe o que aconteceu à volta, cerca das dezoito e pouco? Apanhei uma chuvada como nem tinha memória... mas soube bem... Nem sei há quantos anos não passeava à chuva.

      Espero que tenham tido um bom dia. "Matanças" dessas não vos levam presos... Ai quando forem os frangos a mandar... :))


      Eliminar
  2. Desse seu chover de palavras gosto, muito, agora da chuva propriamente dita, dava tanto jeito em Cabo Verde...
    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Rui. A mim também não apetece chuva. Até tinha pensado ir S. Martinhar amanhã à tarde... agora nem sei quando hei de ir. Tenho de consultar a meteorologia. Apetece-me praia e à falta desses quentes meridianos, por onde se passeou, terei de aguentar o vento no nariz, mas eu gosto... Que gostos esquisitos, não é?!

      Eliminar
  3. E eu que não gosto nada de chuva!.... Estou fartérrima!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que em atenção ao teu estado de ânimo, a chuva foi-se...
      Beijinho

      Eliminar
  4. Isabelamiga

    Querida Amiga

    Por intermédio de um nosso Amigo comum (o Rui da Bica)acabei de te encontrar. Gostei. Já estou aqui e fui um privilégio cá chegar. A blogosfera tem destas coisas 1) boas e também 2)coisas más. O teu Blogue está na alínea 1).

    Por isso me inscrevi como teu perseguidor e prometo-teque aqui voltarei e farei comentários. Amor com amor se paga e peço-te que faças o mesmo na nossa Travessa do Ferreira http//:aminhatravessadoferreira.blogspot.com…

    Vou fazer 72 anos mas esforço-me por manter a minha cabeça jovem. O meu Curriculum Vitae Podes encontra-lo na minha Travessa. Que assim passará a ser também tua.

    Qjs
    Muito obrigado
    Henrique
    Este comentário é comum àqueles blogues de que gostei e gosto

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Henricamigo;

      Muito obrigada pelas tuas palavras. Prometo passear-me pela Travessa do Ferreira, quer chova quer faça sol.

      Quero chegar aos 72 com essa genica toda.

      Abraço.
      Isabel

      Eliminar