terça-feira, 7 de maio de 2013

ANJINHO



O pai diz que sai à avó… mas ela tem duas. Não se sabe a qual…

A mãe garante que está velha, muito velha…

O irmão exclama: “Ai, ai, D. Rita!” E toda a gente corre. Há asneira pela certa! E da grossa… No mínimo, trepou a algum sítio estranho do qual se prepara para voar…

Cá para mim, acho que já não falta muito, para ganhar em tempo ao tio F. a correr no molhe de Peniche, com os olhos fechados, para não ter medo de cair à água.

É um anjinho de caracóis ruivos. Pois então! 

Sem comentários:

Enviar um comentário