sábado, 11 de maio de 2013

FUI AO JARDIM

Fui ao jardim do António roubar flores. O "meu sítio" andava tão tristinho...









Digam-me, estas rosas não são uma maravilha? Gosto tanto de rosas amarelas que não resisti...
Custaram-me uma corridinha e um susto. Fui ao "Dispersamente" http://dispersamente.blogspot.pt/, apanhei o António distraído... e aqui estão as flores... Lindas!

6 comentários:

  1. Eu já tinha reparado que havia por aqui marosca!

    Coincidências da vida, então não é que o meu blogue foi assaltado por um malware (acho que é assim que se diz...), uma coisa má que nos introduzem nas configurações das linhas de comando e vai daí quem queria vir ao "dispersamente" era reencaminhado para outro sítio. Lá acabei por resolver o problema.

    Fico muito feliz por saber que estas minhas rosas amarelas são assim tão bem-amadas. A verdade é que elas são mesmo bonitas, temos que concordar.

    Mas também é verdade que tenho andado muito distraído, lá isso é verdade.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E mais uma vez ficou provado que a distração pode ser a "perdição" do artista...

      Olhe o que lhe aconteceu? E tanto quanto sei esta criatura está a ficar perita a roubar-lhe flores...

      Muito obrigada por não se zangar muito comigo... As rosas são mesmo bonitas. Não se arranjam também por aí uma tulipas amarelas? :) (descaramento não me falta)

      Eliminar
  2. Tulipas amarelas... Mas já não é tempo de tulipas, aqui por estas bandas!

    Rosas, muitas e lindas rosas.
    É isso.

    Vou "dar"
    mais rosas
    a quem as quiser apanhar!

    Brancas
    vermelhas
    de todas as cores.

    É só escolher...


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda bem que não se zangou comigo. Já estou de "tesoura" na mão para lhe "roubar" mais flores. Obrigada pela oferta em jeito de poema.Tem rosas príncipe? Na verdade eu nem sou esquisita. Gosto de flores e ponto final. Aquela esteva que por lá vi era bem bonita.

      Eliminar
  3. Possuo uma roseira que no Verão dá rosas cor-de-rosa e no Natal, volta a florir, mas rosas amarelas. Não se comparam a estas maravilhas, tanto mais que a chuva, a maior parte das vezes as estraga ainda em botão.
    Só quem já viu a florestação acredita.
    Andei á procura da notícia e foto que um "jornaleco" tinha publicado há uns bons anitos, mas não encontrei o dito cujo.
    As m/roseiras (sou eu que trato delas, bem como das restantes "personagens" do quintal e jardim), têm uma peculiaridade, só as deixo crescer em altura e, portanto, quase todas têm mais de três metros de altura e troncos bem grossos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas essa roseira é um fenómeno bem interessante. Nunca tinha ouvido falar. Faz favor de tirar fotos e fazer uma reportagem a preceito que eu quero ver. :)
      Tenho um primo que tem uma roseira, de rosas vermelhas, assim alta enlaçada numa oliveira, no jardim em frente à casa. Quando está florida o efeito é lindíssimo.

      Eliminar