domingo, 26 de agosto de 2012

A NOITE

A capela estava toda iluminada...







Na avenida também não faltava luz e cor...




Durante o dia olhara os lenços pendurados, "mal empregados" pensara, para à noite ver (olhar não é ver...) que simbolizavam os brincos do Minho.



FIM DE FESTA

2 comentários:

  1. Ficaste mesmo rendida a Biana, carago!...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como diria o "outro": Já fui muito feliz no Minho.
      Fiz a primeira classe no Minho, onde vivi, devido à atividade profissional de meu pai. Guardo desse tempo a lembrança das romarias que aconteceram em cada domingo, mal começou a primavera.
      A música e a alegria eram uma constante. A simpatia uma forma de estar na vida.

      Eliminar