sexta-feira, 16 de setembro de 2011

A MULHER-BOMBA

Segunda-feira, cumprindo um preceito anual, consultou o cardiologista.

“Tem um pequeno bloqueio cardíaco” “não quero saber nada disso” “só estou a avisá-la””diz-me o mesmo todos os anos. Não vou preocupar-me com isso. Venho cá para que o senhor se preocupe””só posso vigiar”



Ela vestia umas calças brancas e uma blusa vermelha com bolinhas, feita possivelmente de um pedaço de trapo subtraído ao vestido da Minnie. Tinha um ar estival que se enquadrava bem naquele dia de sol.

Pelo decote da blusa, prodigamente cortado em V divisavam-se uns círculos esbranquiçados seguros com adesivo anti-alérgico e de entre os seios nasciam em ondulações irregulares dois fios pretos que se ligavam aos dísticos superiores.

Ao nível do estômago notavam-se saliências irregulares; do lado esquerdo um molho de fios atado também com adesivo e do direito uma caixa, um paralelepípedo rectangular, que bem poderia ser a carga de explosivos.

“Chegou a mulher-bomba.” Avisava quando se aproximava dos amigos. “E vai explodir?””Ao menor toque” e riam todos.


As vinte e quatro horas em que carreguei o Holter foram divertidas.

7 comentários:

  1. A "menina" Isabel que me perdoe, eu já ouço a minha mãe (agora com 86 anos) "queixar-se" desse mal seguramente há mais de trinta anos...
    Está visto que já não se morre como antigamente, por causa do coração...
    :)

    ResponderEliminar
  2. Olá, Rui.
    A minha mãe ganha à sua. Tem 93 anos e sempre se "queixou". O meu problema é próprio de quem "malhou" de mais no ginásio. O Eusébio sempre sofreu do mesmo e só deixou de jogar à bola quando não podia com as botas.
    Com grande pena minha, hei-de morrer, um dia. Tanto faz que seja disto como de outra coisa qualquer.É inevitável.
    O seu comentário é uma ternura que eu sinceramente agradeço. Bem haja pela simpatia, pela disponibilidade, pela gentileza e sobretudo pela celeridade com que me confortou.

    ResponderEliminar
  3. Se as penas são do Coração
    Só com ele as penas se vão.

    ResponderEliminar
  4. O Olímpio é, sem sombra de dúvida, um sábio. Não poderia estar mais de acordo com o que diz.
    Mas olhe que eu estava mesmo gira, cheia de fios e adesivos. Não me senti com "penas". Senti-me ridícula e resolvi divertir-me com isso.

    ResponderEliminar
  5. Tendo passado por si ouvi alguem dizer "esta Mulher é uma Bomba!!". Só agora reparei que a razão era o Holter.

    ResponderEliminar
  6. Que engraçadinho,"euchavi"! Não lhe terá caído um dentinho com a graça?

    ResponderEliminar
  7. Era suposto que o meu caro amigo "euchavi" escrevesse aqui que eu não precisaria de eléctrodos para parecer uma bomba, que eu seria uma "bomba" pronta a fazer sucumbir um coração sensível... ou outras coisas mais interessantes que o romance dita normalmente às mentes dos cavaleiros andantes. O meu amigo o que fez? Deu cabo da minha auto-estima. Prepare-se para me pagar a conta do psicanalista, porque mandei-o remeter-lhe as facturas.
    Sabe que mais? Já não se fazem mais galãs como antigamente... (lol) À volta cá o espero! Isto não fica assim!A vingança será terrrrrrrrrííí´´iívvvveeelllllllllll

    ResponderEliminar