sábado, 3 de setembro de 2011

O TIO PATINHAS

A manhã de Sexta-feira era de chuva e eu saí, com destino à cabeleireira. Levava guarda-chuva aberto e óculos escuros protegendo o olhar. Os acessórios poderão parecer contraditórios, mas ninguém compra um raio de sol, ele simplesmente surge em cada manhã e, ou se vislumbra no céu, ou se sente na alma e, quer num caso quer noutro, é nos olhos que a luz se reflecte.

Como vestira um vestido azul-escuro, optara por calçar uns sapatos vermelhos, fechados, de salto fino que, arrumado o carro no parque de estacionamento do “meu amigo droguinhas”, me fizeram caminhar pela rua fora evitando enfiar os saltos no pobre arremedo de calçada portuguesa de que é feito o passeio.

Contrastando com o escuro do alcatrão ela brilhou coberta de água: pequenina, circular, perfeita, e eu baixei-me…

Quando a unha do meu indicador direito, impecavelmente pintada com verniz Clarins (Paris), adquirido numa loja Balvera, por preço pouco apetecível, mesmo tendo em conta a promoção de trinta por cento, tocou o chão, explodi numa gargalhada: um único cêntimo despertara o Tio Patinha latente em mim!

Deste gesto incontido, aos mergulhos numa piscina cheia moedas, já não faltava tudo…

8 comentários:

  1. Temos pena... Se era sua deveria ter escrito o nome de forma legível e visível. Tê-la-ia devolvido. Agora foi-se... A minha amiga Nini sugeriu que a guardasse para me dar sorte. Assim fiz. E não é que foi uma sorte ajudar a perfazer a quantia certa para pagar o "brigadeiro" e o café que tomei depois do jantar na Feira da Gastronomia?

    ResponderEliminar
  2. O tudo, por vezes,é um nada.Mas,o nada, nunca é um tudo.
    Curiosamente,ainda há pouco tempo, em dois dias seguidos, encontrei, de cada vez,no chão, uma nota de 20 euros!! Ah! Tio Patinhas!!..........

    A natureza íntima, vincada, do olhar sempre em frente... e sua luta, terrível,sem tréguas,contra a necessidade vital de olhar para o lado, e para o chão,... não venha o tiro emboscado,
    ou o pisar da mina escondida, cobarde.

    ResponderEliminar
  3. Amigo, essas notas não serão azuladas, com uns desenhos em estilo gótico e uma faixa prateada? Imagine a coincidência! Perdi umas assim há pouco tempo e também em dois dias seguidos... Tem de me dizer onde as encontrou para eu saber se terei andado por esses sítios, não se vá dar a coincidência...

    Não costumo olhar muito para o chão, nem para o lado. Sou uma mulher confiante que teve a sorte de, até hoje, nunca ter sido "assustada". Além disso pratiquei, em tempos que já lá vão, ginástica rítmica. Havia, então, um exercício que exigia a evolução graciosa pelo ginásio e o professor, exigentíssimo dizia: levantem a cabeça, olhem em frente, sorriam e pensem "o mundo é meu".
    Acredita que ainda hoje faço isso? A graciosidade foi-se, mas nas situações de algum constrangimento, levanto a cabeça, sorrio e penso, não vale a pena estar atrapalhada, o mundo é meu.

    ResponderEliminar
  4. As notas eram mesmo essas...num sítio provável...
    bomba de gasolina em Lisboa, (que sábado foi assaltada... um espanto!)

    ResponderEliminar
  5. De moeda a moeda se enche o mealheiro.

    Mas...alguém a perdeu! (se calhar foi o Rui Pascoal)
    Logo, havia que a entregar na Polícia! Dura lex, sed lex. :)
    -
    Há uns anos, parei o carro, abri a porta, estava a escurecer. No chão, uma nota (dum valor razoável), vou a apanhá-la e vejo outra e outra e mais outra e... Foi um bom pecúlio.
    Não estava ninguém à vista e pensei comigo. Vou entregar "isto" à Polícia? Vou?!

    ...continua...

    ResponderEliminar
  6. António! Tenha dó... continua... continua a apanhar notas? Mas onde anda a minha fada-madrinha? Eu só achei um cêntimo e o Rui reclamou-o logo. Eu é que fiz orelhas moucas. Depois veio o Olímpio gabar-se dos 40,00€ e agora o amigo dá de barato essa "fartura" toda e nem é tempo de feira? Ao menos ofereça um pastelinho de nata "cá à gente"

    ResponderEliminar
  7. Ai os pastelinhos de nata!

    Uma bica cheia e um pastel de nata, uma vez de vez em quando, quase todos os dias!
    ;)

    ResponderEliminar