domingo, 27 de janeiro de 2013

PORTUGAL PORQUE SIM

(...)


Podia pedir-te e dar-te contas
de tudo aquilo que sonhámos e não alcançámos.
Podia fazer tudo isso e muito mais,
mas prefiro vislumbrar na tristeza dos teus olhos
a ternura com que segues o rasto das aves e das estrelas
e depois abraçar-te e dizer-te: meu querido Portugal,
serás, até ao fim, a luz que não se apaga nem se rende
quando sonhamos com tudo aquilo que ainda te falta ser.

                                     José Jorge Letria

4 comentários:

  1. Muito bonito! Que bom haver blogs para conhecermos mais e mais poesia.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Também rezei assim a olhar para a Lua cheia, um dia destes!...

    Ámen.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que bom! Assim é que eu gosto! Que espere e que acredite!
      Ámen!

      Eliminar